Assistência Farmacêutica: saiba como o farmacêutico pode auxiliar na sua saúde

0

O que faz o farmacêutico?

O farmacêutico é o profissional responsável por entender profundamente sobre as composições dos medicamentos e por orientar as pessoas sobre como estes devem ser administrados.

Além disso, o farmacêutico precisa analisar as características dos usuários, a fim de sugerir as melhores apresentações de tratamento para cada caso. Questões particulares, como idade e reações medicamentosas já conhecidas pela pessoa, são apenas alguns exemplos de cuidados que o profissional deve ter durante a assistência farmacêutica.

O farmacêutico também é responsável por garantir que todos os procedimentos dentro de sua unidade respeitem as normas vigentes da Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Conselho Regional de Farmácia, garantindo, assim, a qualidade dos produtos e serviços oferecidos ao consumidor final.

Uma das áreas de atuação do farmacêutico mais proeminentes é a da cosmetologia, a qual é especializada em desenvolver e produzir produtos cosméticos para melhorar a qualidade de vida de pessoas com necessidades específicas, como é o caso de indivíduos com peles especiais.

Casos que precisam de cuidados especiais

Existem pessoas com necessidades especiais no que se refere aos cuidados com a pele. Os casos são muitos, por exemplo, pessoas de idade avançada precisam tomar certas precauções para evitar os danos causados pelo sol, ressecamento natural da pele ou mesmo a fim de não adquirir certos tipos de dermatites.

Indivíduos que passam ou passaram por tratamentos de quimioterapia podem sofrer de ressecamentos mais intensos de pele, por conta dos medicamentos que são administrados ao longo do processo. A pele ressecada, além de tornar a proteção externa do corpo mais frágil, pode facilitar a proliferação de fungos e bactérias difíceis de ser tratadas.

Pessoas que sofrem de diabetes também precisam ter um cuidado muito especial com a pele, seja diabetes tipo 1 ou 2, cerca de 30% dos acometidos pela doença desenvolvem algum problema dermatológico.

Isso ocorre principalmente em casos em que o nível glicêmico do paciente se encontra acima do normal. Coceiras e infecções podem se manifestar em diferentes intensidades

No caso de queimaduras, estas podem ocorrer tanto pelo contato com o calor como com o frio, manuseio incorreto de produtos químicos ou mesmo pelo contato com certas espécies animais ou vegetais. 

O perigo das queimaduras, no entanto, não se limita apenas aos casos anteriores. Indivíduos que adoram tomar prolongados banhos de sol podem sofrer, além de queimaduras:

– Mudanças na textura da pele;

– Pele sensível ao toque;

– Descamação;

– Em casos mais graves, formação de bolhas nos locais mais afetados.

Compartilhe no Facebook

Os comentários foram encerrados.