Tipos de filtros solares

0

Usar protetor solar é um cuidado indispensável para todas as pessoas, mas engana-se quem ainda acha que esse hábito precisa ser seguido apenas nos dias de sol. A verdade é que a proteção à pele é importante todos os dias do ano. Faça chuva ou faça sol.

A principal função desse produto tão necessário é proteger as células da pele contra os efeitos da radiação ultravioleta, UVA, UVB e infravermelho. A radiação UVA é a principal causadora das manchas e do envelhecimento precoce da pele. Já a UVB, é a responsável pelas queimaduras solares.

Entre os males que o protetor solar pode evitar estão o envelhecimento precoce e o aumento da flacidez, por comprometimento do colágeno, além de manchas e doenças graves na pele, como o câncer de pele.

Que o protetor solar é importante, todo mundo sabe, mas você sabia que existem vários tipos de opções no mercado? Veja os principais tipos:

Protetor hidratante: Por preservar a oleosidade natural da pele, esse protetor é indicado para peles mais secas. Sua ação possibilita um aspecto brilhoso, além de garantir a refração da luz solar.

Com ação antissinais: Filtros solares desse tipo têm ativos antioxidantes, que são capazes de retardar o envelhecimento da pele e prevenir manchas. Eles geralmente possuem em sua composição vitaminas C e E, que protegem as fibras de colágeno e reduzem a ação dos radicais livres.

Oil-free: As peles mistas e oleosas precisam de produtos que não as engordurem ainda mais. Para esse tipo de pele, o protetor oil-free é o ideal. Também é o indicado para peles com tendência a acne.

Mineral: Composto apenas por filtros físicos (dióxido de titânio e/ou óxido de zinco). Possui indicação para pessoas com pele sensível, gestantes ou alérgicas. Quem tem melasma, também deve usar esse filtro como proteção extra. Esse protetor solar também é indicado para as mãos, pois não mancha o esmalte das unhas.

Com base: Para as mulheres que não abrem mão da maquiagem, esse produto, ao mesmo tempo que protege, cumpre a função de cobrir as imperfeições, funcionando como base, já que tem pigmentos cor da pele.

Fator de Proteção Solar (FPS)

Apesar dos diversos tipos de filtro solar, a principal preocupação na hora de escolher o produto deve ser o Fator de Proteção Solar (FPS) , que está relacionado com o tempo em que a pele estará protegida da ação dos raios solares.

A recomendação dermatológica é que, diante da exposição ao sol no Brasil, todas as pessoas usem protetor solar com FPS 30, no mínimo. No entanto, existem situações em que o fator precisa ser mais alto, como:

– Pessoas com histórico próprio de câncer de pele ou na família;

– Pessoas albinas;

– Trabalhadores expostos ao sol com frequência;

– Indivíduos em processo de tratamentos estéticos, que tornam a pele mais sensível;

– Pessoas com tendência a problemas dermatológicos, como acne e manchas;

– Pessoas com pele muito sensível ou doenças de pele.

Frequência do uso e aplicação

O uso do filtro solar deve ser diário e ele deve ser reaplicado pelo menos duas vezes ao dia sobre toda a pele exposta. Em casos de banho de mar ou piscina, o protetor deve ser aplicado logo após o contato com a água.

Em exposição direta ao sol, como praia ou piscina, reaplique o protetor solar a cada 2 horas.

As áreas do corpo onde o cuidado deve ser redobrado são a face, incluindo lóbulo das orelhas, pescoço e ombros, colo, braços, mãos e pés. Mas toda a região exposta precisa receber a aplicação.

Para os cuidados de peles especiais e mais sensíveis, o uso de filtro solar específico é necessário, assim também como de outros produtos dermatológicos. Valorize esse cuidado especial com sua pele, venha nos visitar e conversar com nossos consultores. Estamos na Rua Conselheiro Mafra, 546, Centro, Florianópolis.

Compartilhe no Facebook

Os comentários foram encerrados.