Aloe vera para o pré e pós peeling e laser

0

peelingConforme o prometido, voltamos com mais um post da nossa série sobre a Aloe vera, a planta que impressiona profissionais e consumidores quando o assunto é saúde e beleza. E hoje vamos falar sobre como ela pode ajudar a resolver uma das questões mais desesperadoras para quem faz ou deseja fazer procedimentos de limpeza de pele: Como combater aquele aspecto horrível, vermelho, com muita coceira e descascado da pele depois do peeling ou do laser?

Se você faz ou já fez peeling químico ou algum procedimento a laser como epilação, por exemplo, sabe que esses tipos de tratamentos podem provocar diversas reações na pele como eritemas (vermelhidão), edemas (inchaço), inflamações, infecções, pruridos (coceira) e até mesmo dores. Tais sintomas são normais nesses tipos de tratamentos, pois a química ou o próprio laser utilizados para que se atinja os resultados pretendidos, de certa forma agridem os tecidos.

Isso não significa que sejam tratamentos ruins ou perigosos. Porém, ninguém gosta de ficar com a pele toda vermelha, descascada ou cheia de bolinhas, certo? Ainda bem que para esses problemas existe a Aloe barbadensis liofilizada, um dos insumos mais versáteis e eficazes de que se tem notícia quando o assunto é reconstituição tecidual.

A Aloe barbadensis possui efeito calmante, analgésico, antipruriginoso, anti-inflamatório e cicatrizante. Além disso, estimula a formação de novos tecidos, promovendo a manutenção dos vasos sanguíneos, facilitando a chegada de nutrientes, oxigênio e retirando toxinas e radicais livres do local lesado.

A pele, quando lesionada, pode servir de porta de entrada para microorganismos nocivos à nossa saúde, os quais podem piorar ainda mais o estado dos tecidos já em situação delicada. O Acemannan, um dos város componentes da Aloe barbadensis, é a base de todas as células do tecido conjuntivo. Ele tem efeito direto sobre as células do sistema imunológico, pois possui potente função antimicrobiana contra bactérias, vírus e fungos, aumentando a resistência imunológica do organismo.

O extrato liofilizado de Aloe barbadensis também é eficiente na manutenção do tônus da pele, pois acelera a produção de ácido hialurônico e estimula o crescimento de fibroblastos, células que sintetizam o colágeno, proteína essencial para a elasticidade da pele.

A planta contém ainda enzimas que protegem o novo tecido dos efeitos deletérios dos radicais livres e toxinas resultantes das reações bioquímicas do processo inflamatório. Além disso, a vitamina C e o ferro ajudam a manter a integridade dos vasos sanguíneos e a transportar oxigênio para as células, favorecendo a saúde dos tecidos.

Não podemos esquecer que a Aloe barbadensis ou Aloe vera também é um poderoso hidratante, como já falamos por aqui, o que é muito importante para peles em processo de regeneração.

Como vimos, ninguém precisa sofrer tanto com os efeitos colaterais do pós peeling ou laser. Com os poderes curativos da Aloe, sua pele poderá regenerar-se muito mais rápido e você evitará as irritações e constrangimentos, podendo aproveitar melhor a sua nova pele limpa, linda e saudável. E o tratamento não precisa começar somente após submeter-se ao procedimento, você pode utilizar uma fórmula à base de Aloe barbadensis antes de ir fazer a sua limpeza de pele, de modo a prepará-la para receber o tratamento da melhor forma possível. Para mais informações, fale com o seu esteticista, dermatologista ou passe aqui na Dermus e converse com o nosso farmacêutico.

E viva a pele saudável! 😉

Compartilhe no Facebook

Envie uma resposta