Farmácia Dermus no Projeto Loxosceles

0

A Farmácia Dermus está apoiando uma pesquisa sobre picadas de aranhas do gênero Loxosceles, a aranha-marrom, onde será avaliada a eficácia do uso de uma pomada com tetraciclina tópica.

O projeto é uma realização do Centro de Informação e Assistência Toxicológica do Estado de Santa Catarina (CiaTox/SC) juntamente com o Instituto Butantan, Universidade Federal de Santa Catarina, Governo de Santa Catarina e Governo de São Paulo.

O objetivo é avaliar a eficácia do uso da pomada no tratamento das lesões na pele causadas pelo veneno da aranha-marrom, e contribuir para o desenvolvimento de um tratamento mais eficaz. O tratamento disponível hoje, aprovado pelo Ministério da Saúde, inclui uso de corticóide via oral e medicações sintomáticas, além de soro anti-loxoscélico e procedimento cirúrgico, quando indicado.

“Nos sentimos orgulhosos de apoiar um projeto dessa magnitude e de extrema importância para a sociedade. Entendo que isso é parte da função de um farmacêutico”, declara Gerson Appel, diretor da Farmácia Dermus.

O Projeto não tem uma data para sua finalização, e pode, inclusive, ser estendido a outros estados.

Compartilhe no Facebook

Os comentários foram encerrados.