Argila, o cosmético que vem da Terra

0

Texto alternativo

Amplamente utilizada nos dias atuais, as propriedades terapêuticas da argila são reconhecidas há milênios e foram utilizadas por diversos povos como os egípcios, gregos e indianos.

Este abundante mineral extraído de baixo do solo é constituído basicamente por silicatos de alumínio hidratados, podendo conter ainda diversos outros oligoelementos como o titânio, o magnésio, cobre, zinco, entre vários outros que, dependendo da sua concentração, conferem diversas e poderosas propriedades terapêuticas. Além disso, sua estrutura molecular favorece seu poder de extrair e absorver toxinas, o que faz da argila um ótimo agente antisséptico, antimicrobiano, anti-inflamatório e cicatrizante.

A versatilidade das aplicações com a argila são impressionantes. Ela é usada para limpar a pele, clarear manchas, eliminar acne, cicatrizar cortes e queimaduras, reduzir gordura localizada e celulite, firmar a pele flácida, tratar patologias inflamatórias do tubo digestivo, aliviar dores musculares, problemas capilares e diversas outras aplicações como máscaras, compressas, banhos e até mesmo através da sua ingestão.

Dependendo da composição mineral a argila desenvolve diferentes colorações, propriedades e aplicações. Listamos algumas delas a seguir:

Argila Verde: Tem propriedade secativa, antisséptica, bactericida, analgésica e cicatrizante. É usada nos tratamentos de combate à oleosidade da pele e dos cabelos, acne, edemas, alívio de dores abdominais, articulares e musculares; e para melhorar a circulação sanguínea periférica.

Argila Vermelha: Tem propriedade absorvente, estimulante, antisséptica e favorece a circulação. É usada para tratar peles sensíveis e reativas através de máscaras de beleza facial, corporal e capilar. Auxilia na revitalização da pele, na drenagem de gordura localizada, redução da celulite e flacidez.

Argila Branca: Tem propriedade cicatrizante, antisséptica, absorvente, descongestionante e regeneradora. Elimina toxinas e impurezas, revitaliza e promove a renovação celular; e devido ao seu pH neutro é excelente para o cuidado com as peles secas, irritadas e delicadas, inclusive de bebês. Também é utilizada como máscara capilar para o tratamento de cabelos fragilizados.

Argila Amarela: Indicada para peles secas e frágeis, a argila amarela reduz inflamações, aumenta a elasticidade da pele, estimula a circulação, combate o envelhecimento cutâneo e, por ser rica em dióxido de silício, auxilia na formação de colágeno. É muito usada nos tratamentos para rejuvenescimento e combate à flacidez.

Argila preta: Também conhecida como lama negra ou lama vulcânica, a argila preta é considerada a mais nobre e rara, pois geralmente é encontrada próxima a vulcões. Por conter alta concentração de enxofre, é utilizada principalmente em peles e cabelos oleosos. Ajuda a revitalizar o couro cabeludo, proporcionando uma limpeza profunda e combatendo a queda de cabelo. Tem ação desintoxicante, clareadora, renovadora e rejuvenescedora. Seu uso também é comum no tratamento de enfermidades como o reumatismo e a sinusite.

Aqui na Dermus você encontra diversos tipos de argila em três opções diferentes: Em pó, em pasta ou em forma de sabonete com óleos essenciais. Os resultados são sensacionais. Experimente!

Fontes: Uol Mulher Beleza, Projeto Beleza Saudável, Beleza e Saúde.

Crédito da imagem: Shutterstock

Compartilhe no Facebook

Os comentários foram encerrados.